INDICAÇÕES

PSICOLOGIA DE MASSAS DO FASCISMO

O estudo do fascismo não tem uma importância meramente histórica para nós. A definição de fascismo dada pelo médico e cientista Wilhelm Reich, como "a expressão da estrutura irracional do caráter do homem, cujas necessidades biológicas primárias e cujos impulsos têm sido reprimidos há milênios", deixa claro que o fascismo é um fenômeno atual e presente entre nós.

A FUNÇÃO DO ORGASMO

Este livro sintetiza o trabalho médico e científico de Wilhelm Reich com o organismo humano em um período de vinte anos e apresenta todo o desenvolvimento desse trabalho em sua rápida progressão da esfera da psicologia para a da biologia.

A descoberta do orgônio foi o resultado de uma profunda investigação clínica do conceito de "energia psíquica", a princípio na esfera da psiquiatria. A experiência tem mostrado, acima de qualquer dúvida, que o conhecimento das funções emocionais da energia biológica é indispensável para a compreensão das funções fisiológicas e físicas. As emoções biológicas que governam os processos psíquicos são, em si próprias, a expressão imediata de uma energia estritamente física, o orgônio cósmico. 

CARTAS A UM JOVEM TERAPEUTA

O livro apresenta uma série de cartas escritas pelo psicanalista Contardo Calligaris a dois terapeutas que estão iniciando na profissão ou começando sua formação. Instigado pelas perguntas de seus correspondentes, Calligaris compartilha seu conhecimento, narra, discute e revela os bastidores da profissão. Para o autor, é a ocasião de repercorrer seu caminho e medir as escolhas feitas; para o leitor é a ocasião de se deparar com um terapeuta que fala de sua experiência com a franqueza de quem conversa com um amigo. 

O ASSASSINATO DE CRISTO

Nesta obra comovente e profunda, o cientista Wilhelm Reich explora o significado da vida de Cristo e revela o flagelo universal que causou sua agonia e morte: A PESTE EMOCIONAL DA HUMANIDADE.

Para Reich, o homem se defronta, através dos tempos, com a plena responsabilidade pelo assassinato de Cristo, pelo assassinato do vivo, qualquer que seja a forma sob a qual se apresente. Esta é a verdade crua sobre o modo real como as pessoas são, agem e se emocionam.

A lição do assassinato de Cristo também se aplica à cena social contemporânea. A tragédia da própria morte de Reich mostra que os problemas apresentados no livro são problemas agudos da sociedade contemporânea.

Quando em 1933, depois da publicação de A função do orgasmo, apareceu a segunda obra importante de Wilhelm Reich, Análise do caráter, este trabalho foi saudado por muitos psicanalistas como o que de melhor e mais profundo se havia dito sobre a psicoterapia.

Pouco depois a divulgação do livro foi proibida na Alemanha fascista e, em 1934 a Associação Internacional de Psicanálise excluía Reich. Só em 1945 o livro foi novamente publicado nos Estados Unidos.

Em contraste com A função do orgasmo, Análise do caráter é um compêndio. Foi escrito para o analista e desenvolve com exatidão - com numerosos exemplos clínicos - a singular técnica terapêutica de Reich.

Dicas e sugestões